Novos tempos em Tubiacanga

Novos tempos em Tubiacanga_Projeto Mare a Leste

No dia 26 de maio, o Projeto Maré a Leste realizou um sonho antigo da comunidade pesqueira de Tubiacanga, na Ilha do Governador, Rio de Janeiro: foi inaugurado um píer flutuante de 30 metros, que está facilitando muito o dia a dia de quem vive das águas. Já estão sendo beneficiados mais de 120 pescadores artesanais atuantes na região – e que diariamente levam para terra firme uma média de 1 tonelada de pescado.

 “Toda vez que a gente chegava ou saía para pescar tinha que encher um barco a remo com gelo e todos os equipamentos para levar até o barco grande. Fazíamos duas ou três viagens e depois mais tantas outras para desembarcar o pescado. Agora, com a maré alta ou baixa, nós conseguimos sair e chegar direto no píer”, comemora Delcio de Almeida Fonseca, presidente da Associação de Pescadores Livres de Tubiacanga (APELT), uma das instituições apoiadas pelo Maré a Leste.

Com a instalação da nova estrutura, hoje uma média de 60 embarcações já estão encostadas ali – e a expectativa é que cheguem ainda mais. “Foi tão bom para a comunidade que algumas pessoas estavam paradas e até voltaram a pescar”, conta Delcio. Agora, toda semana há um mutirão de limpeza no local e a ideia é que no futuro a associação consiga inaugurar também sua sede nas proximidades. “Queremos melhorar aquela área todinha, para conseguir chegar com o pescado, limpar, pesar e vender tudo ali mesmo”.

Texto originalmente produzido pelo jornalista Bernardo Camara para a newsletter “Linhas do Mar” para divulgação dos Projetos Apoio à Pesquisa Marinha e Pesqueira, Educação Ambiental e Apoio a UCs.

Projetos